Polícia Federal de Uberlandia/MG nega mais um pedido de autorização de compra de arma de fogo

INDEFERIMENTO DIEGO 001

INDEFERIMENTO DIEGO 001

Polícia Federal indefere mais um pedido de autorização de compra de arma de fogo usando como argumento, que o requerente não apresentou fatos que justifiquem a compra da arma em sua declaração de Efetiva Necessidade.

Mais um absurdo, um abuso de uma lei que garantiu à PF o poder de dizer quem pode ou não pode ter uma arma para sua defesa pessoal, mesmo após ele apresentar todos os documentos, certidões, procedimentos e testes EXIGIDOS PELA LEI.

Esse não é o primeiro caso que recebemos este ano vindo de Uberlandia/MG, com a mesma resposta. “Declaração de Efetiva Necessidade não expõe fatos e nem circunstancias justificadoras de aquisição de arma de fogo pelo requerente”

Recebemos vários casos como esse negados este ano vindos de Uberlandia, Juazeiro da Bahia, Dourados, Natal, São Luís do Maranhão, dentre várias outras cidades.

Por que no Sul do Brasil, os pedidos são aprovados com maior frequência? Os cidadãos de bem de lá são diferentes dos cidadãos de bem do norte/nordeste? Eles possuem Efetiva Necessidade e os outros cidadãos do Brasil não possuem ?

Porque no sul do Brasil os pedidos são analisados e aprovados na sua maioria em menos de 30 dias e em outras regiões do Brasil levam mais de 60 dias e em sua grande maioria são INDEFERIDOS usando a mesma desculpa da declaração de Efetiva Necessidade ?

Até quando o cidadão de bem ficará nas mãos da discricionalidade da PF?

Até quando o cidadão de bem ficará nas mãos de pessoas que são favor do desarmamento do cidadão de bem?

Até quando ficaremos nas mãos daqueles que são contra a legitima defesa e do direto do cidadão que apresentou tudo que a lei exige para ter a sua arma e proteger a sua vida dentro de sua residência?

Encerro com as perguntas:

Será que um delegado ou um agente da Polícia Federal abrem mão de sua arma ? abrem mão de andar armados? Abrem mão de comprar outras armas para ter em sua residência? Abre mão de irem ao clube de tiro treinar com a arma da corporação ou com a sua? Abrem mão da sua vida quando o bandido entrar na sua residência e tentar contra ela?

Então, quem passou em um concurso da PF possui efetiva necessidade para proteger sua vida na rua, em casa, na fazenda, etc usando uma Glock importada. Mais o cidadão de bem que apresentou todos os documentos e testes exigidos por lei não pode comprar um mísero revólver calibre 38 ou pistola nacional calibre .380 pois não tem EFETIVA NECESSIDADE COMPROVADA DE EXERCER SEU DIREITO DE TER UMA ARMA DE FOGO LEGALMENTE?

Qual a diferença entre esses cidadãos?

Esse é o Brasil, que força o cidadão de bem a entrar na ilegalidade comprando uma arma ilegal em qualquer esquina para proteger sua vida e seu lar, pois lhe é cerceado o direto de comprar uma arma legalmente conforme dita a lei.

Comentários do Facebook

34 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *